Para incluir os fundos de investimentos da sua Carteira Magnetis em sua declaração de Imposto de Renda, é necessário:

  • Declarar o saldo em "Bens e Direitos";
  • Declarar os rendimentos da aplicação na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”.

Vamos ao passo a passo:


1. Informe de rendimentos

Com seu informe de rendimentos - fornecido pela Easynvest - em mãos, verifique o item "Fundos e Clubes de Investimento". Nessa seção ficam as informações que você vai precisar.


2. Saldo dos fundos de investimento

Declare o saldo de cada um dos fundos de investimento na aba “Bens e Direitos”. Clique em "Novo" (se for a primeira vez que vai declarar este fundo) ou em "Editar”, caso ele já esteja cadastrado.

É necessário declarar qualquer saldo maior que R$ 140,00 em 31 de dezembro do ano correspondente ao da declaração.

2.1. Fundos de tributação de longo prazo

Os fundos a seguir sofrem tributação de longo prazo. Sendo assim, selecione o código "72 - Fundo de Longo Prazo e Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC)"

Para cada um dos fundos, preencha a ficha, copiando os dados do informe de rendimentos:

  • Código: "72 - Fundo de Longo Prazo (...)";
  • Localização (País): 105 - Brasil;
  • CNPJ do fundo;
  • Discriminação: coloque o nome do fundo;
  • Situação em 31/12/2016: copie o item "Saldo 2016" do seu informe;
  • Situação em 31/12/2017: copie o item "Saldo 2017" do seu informe.

Veja este exemplo:

2.2. Fundos de ações

Já o fundo a seguir é tributado como fundo de ações. Por isso, selecione o código "74 - Fundo de ações, fundos mútuos de privatização, fundos de investimento em participação e fundos de investimentos de índice de mercado".

Preencha a ficha, copiando os dados do informe de rendimentos:

  • Código: "74 - Fundos de ações (...)";
  • Localização (País): 105 - Brasil;
  • CNPJ do fundo;
  • Discriminação: coloque o nome do fundo;
  • Situação em 31/12/2016: copie o item "Saldo 2016" do informe;
  • Situação em 31/12/2017: copie o item "Saldo 2017" do informe.

Veja este exemplo:

3. Rendimento dos fundos de investimento

Os rendimentos dos fundos de investimento devem ser declarados na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”, no item “06 - Rendimentos de Aplicações Financeiras”.

Cada fundo deve ser declarado separadamente, conforme seu CNPJ. É importante ser fiel ao seu informe de rendimentos, copiando os valores existentes no informe, 

Aqui, basta informar o que consta em seu informe de rendimentos:

  • Selecione o tipo de Beneficiário (titular ou dependente);
  • CNPJ do fundo;
  • Nome da fonte pagadora: coloque o nome do fundo;
  • Valor: copie o item "Rendimento líquido" da seção sobre fundos de investimentos do seu informe de rendimentos.

Finalize clicando em "Ok". Se precisar mudar algum dado, basta selecionar o item e ir em "Editar".

*Conteúdo revisado pela especialista em Direito Tributário Luciana Pantaroto, do escritório Dian & Pantaroto.

Encontrou sua resposta?