Por que foi aberta uma conta na B3 em meu nome?

Utilizamos uma conta empresarial exclusiva para Instituições Financeiras de um parceiro, o Banco B3 (atual marca resultante da fusão da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA) com a Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos (CETIP).

A B3 é a bolsa de valores oficial do Brasil, mas também atua como banco liquidante e foi escolhido pela Magnetis para a liquidação financeira das operações dos nossos ativo.

O Banco Liquidante tem a função de manter contas financeiras utilizadas para liquidar obrigações de pagamento relacionadas com operações de valores mobiliários.

Como funciona essa operação?

  • Você transfere o recurso para a conta da Magnetis DTVM junto ao Banco B3.
    Importante: por conta da fusão e alteração do nome recente, em algumas instituições financeiras o nome do banco pode aparecer ainda como BMF no momento de realizar a transferência;
  • Nosso sistema interno identifica a origem do recurso por meio do seu CPF;
  • O recurso é transferido para uma conta virtual individual em seu nome. Trata-se de uma conta exclusiva para fazer movimentações (investimento ou resgate);
  • Nesta conta virtual, o recurso é investido nos ativos recomendados, sempre em seu nome;
  • Todas as movimentações são comprovadas através de extratos em todas as instituições identificado pelo seu código de cliente;
  • Todos os ativos financeiros ficam custodiados em nome do cliente. Ou seja, o dono da aplicação financeira é o próprio cliente. 

Por que não há riscos?

O fundo de investimento é uma Pessoa Jurídica, tem seu CNPJ próprio, independente da Gestora, do Administrador, do Distribuidor e do Custodiante. Os recursos dos investidores não se misturam ao patrimônio das instituições financeiras que administram o fundo, ou seja, o patrimônio dos fundos não se misturam com o patrimônio da Magnetis.

Além disso, é possível fazer a consulta aos Fundos de Investimento registrados na CVM seja por CNPJ ou por parte do nome do fundo.

👉  Faça sua consulta no Sietema da Comisso de Valores Mobilirios

Podem ser obtidas todas as informações públicas dos fundos, tais como o valor diário da cota e do patrimônio líquido, o número de cotistas, valores captados e resgatados. Ainda é possível consultar o Regulamento, o Prospecto, a Lâmina de Informações essenciais, a Composição da carteira, os Fatos Relevantes e os Balancetes de cada Fundo.

 

 

Escrito por Magnetis Investimentos

Atualizado há 4 meses atrás

Encontrou sua resposta?