Os resultados da sua Carteira Magnetis (aqueles que você vê no seu Painel de Controle) são calculados de forma automatizada com base em um método chamado Time-Weighted Return.

Também utilizado pelos fundos de investimento, esse método considera o desempenho da carteira ponderado pelo tempo em que o dinheiro permaneceu aplicado. 

Imagine que você investiu R$ 10 mil em uma Carteira Magnetis. Depois de um mês, ela passou a valer R$ 20 mil, subindo, portanto, 100%. 

Então, considere que você fez uma nova aplicação, de R$ 980 mil, totalizando um saldo de R$ 1 milhão. No dia seguinte, porém, o retorno da carteira caiu 1% por causa das condições do mercado. Assim, o valor da sua carteira passa a ser de R$ 990 mil.

O retorno, então, é calculado da seguinte forma:

  • Período 1: carteira de R$ 10 mil e valor final de R$ 20 mil = rendimento de 100%
  • Período 2: carteira de R$ 1 milhão e valor final de R$ 990 mil = rendimento de -1% 
  • Período completo: (1 + 100%) * (1 - 1%) - 1 = rendimento de 98%

Assim, o método Time-Weighted reflete o que aconteceu com a carteira ao longo do tempo. Caso você queira se aprofundar mais nesse tema, tenho aqui uma sugestão de artigo (em inglês) com mais exemplos.

Um detalhe importante: o retorno exibido em seu Painel de Controle já é líquido da taxa de consultoria Magnetis (0,4% ao ano) e dos custos dos produtos (corretagem, taxa de administração, etc.). 

Quanto aos impostos, o retorno mostrado no Painel de Controle varia de acordo com o tipo de ativo que você tem em sua carteira:

  • títulos de renda fixa: como os tributos incidem no momento do vencimento ou do resgate, o retorno mostrado geralmente não considera esses impostos;
  • fundos de investimento: o resultado é líquido de come-cotas, que incide nos meses de maio e novembro;
  • renda variável: o retorno não considera os impostos, que incidem no momento do resgate.

Rentabilidade trimestral

Todo trimestre, divulgamos a rentabilidade das Carteiras Magnetis em nosso blog, de acordo com os cinco perfis de risco.

No cálculo, levamos em conta a mediana dos resultados que foram obtidos por todos os nossos clientes no período mencionado. 

Assim, seu retorno individual mostrado no Painel de Controle pode ser um pouco diferente do apresentado no nosso relatório trimestral, dependendo do período em que você começou a investir conosco, do valor aplicado e das condições do mercado.

Tem mais alguma dúvida? Confira um artigo em nosso blog sobre como calcular o rendimento líquido de um investimento ou entre em contato com um de nossos consultores.

Encontrou sua resposta?